Minha foto
Aracaju, Sergipe, Brazil
Sou uma terapeuta ericksoniana; trabalho com Psicoterapia Breve, utilizando, sob medida para cada pessoa, técnicas de Hipnose e Arteterapia. Sou também doula: acompanho gestantes durante o pré-natal, parto e pós-parto. Qualquer dúvida e interesse, entre em contato! Terei o maior prazer em poder ajudar. :)

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Di visão



É interessante perceber que, paradoxalmente, o que permite a união é justamente a divisão que existe entre eu e o outro. Se não houvesse tal linha divisória, não seriam dois seres distintos e, portanto, passíveis de união. Dessa forma, a diferença não existe para separar, mas sim para possibilidades criar. Os limites da sua pele que lhe permitem dar e receber o toque...

Essas linhas que dividem o dentro/fora, uma coisa de outra, entendida de forma mais abrangente ainda, nos permite organizar mentalmente a nossa vida no tempo/espaço. Todo mundo tem acontecimentos na vida que funcionam como um divisor de águas dentro de sua história pessoal; assim como o nascimento de Jesus Cristo é um marco para o calendário que utilizamos: nossas datas são “A.C.” e “D.C.” (antes ou depois de Cristo). 

Algumas pessoas decidem fazer ou percebem as mudanças tornando suas vidas diferentes em situações tidas como grandes, como um casamento, uma gravidez, uma mudança de casa ou cidade, o final de um relacionamento, uma formatura ou novo emprego. De fato, acontecimentos externos de grande relevância produzem efeitos internos grandiosos também. Mas ao observar ou esperar apenas pelo que é aparentemente maior ou mais intenso, vão passando despercebidas as mais freqüentes linhas divisórias de nossa vida que são, naturalmente, um novo começo com a possibilidade de ser diferente. 

Todo domingo começa uma nova semana. Todos os dias o sol nasce novamente. A cada minuto um ponteiro do relógio fez uma volta completa, dando tempo suficiente para alguma coisa ter acontecido. Suficiente para você fazer um telefonema importante, ou simplesmente dar um sorriso que mude uma vida, um estado de espírito. Quantas palavras transformadoras cabem nesse espaço de tempo? Sempre estamos a começar uma conversa... ao menos uma conversa interna com nós mesmos. 

Cada vez que inspira, está começando um novo ciclo respiratório, que pode ser mais profundo do que foi o anterior. Você vai esperar o quê para começar a respirar novamente?! Enquanto pensa, a transformação do ar, dentro e fora de você, já está acontecendo. E você pode perceber, saber o que quer, e fazer. O começo começa quando você começa a começar alguma coisa que você quer...

Camila Sousa de Almeida

3 comentários:

Related Posts with Thumbnails